Scania traz Nova Geração e inicia venda de caminhões movidos a gás e biometano, na Fenatran 2019

0
189

A Fenatran 2019 marca a primeira grande feira de exposição da Nova Geração de caminhões da Scania, que começou a ser entregue aos clientes a partir de fevereiro deste ano. O maior evento do setor na América Latina, também inicia uma nova era para a fabricante: a abertura das vendas da linha de caminhões movidos a GNV, GNL e/ou biometano. São soluções que traduzem o ‘Aqui e Agora’ para o Brasil e países vizinhos, ou seja, de alternativas ao diesel de combustíveis perfeitamente viáveis economicamente. O 22º Salão Internacional do Transporte será realizado de 14 a 18 de outubro no São Paulo Expo.

Os destaques do estande são os caminhões da Nova Geração. Os clientes estão registrando até 12%, e em muitos casos ultrapassando este índice, de economia de combustível em comparação à geração anterior. É a palavra do cliente comprovando os resultados de rentabilidade prometidos e cumpridos pela Scania.

As novidades são dois pesados mais sustentáveis, um movido a gás natural veicular (GNV) e/ou biometano e outro 100% a gás natural liquefeito (GNL) e/ou biometano. O espaço tem no total 13 caminhões – sendo duas Edições Especiais (V8 50 anos e Scania Vintage) –, está todo conectado por uma grande e tecnológica espiral de led e apresenta o novo conceito de soluções personalizadas de produtos, serviços e alternativas financeiras via sistema TMA (Tailor Made for Application).

Além de dois motores, um de 7 litros da linha urbana/regional, de semipesados, e outro V8 a gás para grupos geradores de energia, um mercado de grande potencial. Outras atrações são a Split Cabin, uma cabine S (a primeira da marca com piso plano) toda aberta para o público conhecer os benefícios de conforto e ergonomia, a área Apaixonados por Scania, um lugar de livre acesso, entretenimento e distribuição de brindes, e o Espaço Inovação, de tendências e tecnologias Scania para o futuro.

“A proposta da Scania para a Fenatran 2019 é “Mudar o Mundo do Transporte” em parceria com o cliente. Assumimos um acordo global de liderar a transformação para um sistema de transporte mais sustentável. É comprometimento público, não apenas promessa. E o visitante vai comprovar isso num estande tecnológico e amigável, que apresenta nossas soluções de forma interativa e detalhada”, afirma Márcio Furlan, gerente Marketing e Comunicação da Scania no Brasil. “Mais uma vez teremos um ambiente acolhedor, que é nossa marca para receber a “família Scania”, nossos fãs e clientes.”

Os 13 caminhões expostos são os seguintes: R 410 6×2 (GNV e/ou biometano), R 410 6×2 (gás natural liquefeito (GNL) e/ou biometano), S 540 6X4, R 620 6X4, R 450 6X2, R 500 6X4, G 410 6X2 e S 500 6×4 (da linha pesada); P 360 4X2, P 320 8X2 e P 280 6X2 (da gama urbana/regional); e G 500 8X4 XT e G 540 6X4 XT (segmento fora de estrada). Na entrada exclusiva da Scania, atrás do estande, estão outros dois modelos, um semipesado P 280 6×2 da Multilixo customizado como coletor de lixo e um S 500 6×2. Na área externa, no Fenatran Experience, estão à disposição dos visitantes quatro veículos para test drive: R 410 6×2 a gás, S 450 6X2, P 280 6X2 e um R 540 6X4.

Os primeiros caminhões a GNV/GNL e/ou biometano do Brasil

O início das encomendas dos caminhões movidos a GNV, GNL e/ou biometano é visto com muito otimismo. Há grande interesse de clientes, especialmente após os resultados da demonstração com a Citrosuco, realizada desde dezembro de 2018. Na rota de Matão ao Porto de Santos (SP) foi comprovada a diminuição de 15% no gasto do km rodado proveniente da redução do combustível. O custo é viável considerando-se a realidade atual de preços do combustível e dos altos impostos. A redução de CO2 chegou a 15% no GNV. A Scania afirma que pode chegar a até 90% no biometano.

Fonte: Ascom

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here