AICA: articulação internacional abre caminhos para ações de conservação e desenvolvimento do sudoeste da Amazônia

0
101

No último mês de novembro (2019), o Centro de Estudos Rioterra, membro da Agência Internacional de Articulação Amazônica (AICA), participou de seminário do Fórum Latino Americano em Berlim, na Alemanha, para discutir o desenvolvimento socioambiental da Amazônia. O coordenador de Projetos do CES Rioterra, Alexis Bastos, abriu o evento com uma apresentação sobre o contexto socioambiental da porção sudoeste da Amazônia, composta pelos estados do Acre, Amazonas (parte sul do Estado), Noroeste do Mato Grosso e Rondônia.

Dentre os assuntos, foram discutidos o avanço das frentes de desmatamento e a necessidade de fortalecer ações de recuperação e conservação da floresta, aliando essas práticas a um modelo de desenvolvimento econômico e social que respeite as diferentes culturas e garanta direitos fundamentais aos povos da região.

O encontro também contou com a participação de representantes da WWF Alemanha, da FASE – Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional e Climate Alliance, instituições ligadas às ações de garantias de direitos e mudanças climáticas.

Diante do cenário apresentado, Alexis reforçou a importância de fortalecer redes de atores com um longo histórico de atuação na região, a exemplo da AICA, que é uma iniciativa de cooperação e articulação voltada para melhorar as questões de gestão territorial no Sudoeste da Amazônia. “A AICA surge da união de organizações com trabalhos sólidos e inovadores, como forma de criar caminhos alternativos para dar continuidade as ações de desenvolvimento e conservação no sudoeste da Amazônia”, explica.

Formada pelo CES Rioterra, Ecopore, Fetagro, Pacto das Águas, Opan, Aderjur, Cinema Nosso e SOS Amazônia, a AICA representa hoje uma capilaridade de proteção direta de 12 milhões de hectares, com 19 mil pessoas envolvidas diretamente e mais 200 instituições sociais vinculadas. Segundo Bastos, o modelo foi bem recebido, com a possibilidade de parcerias e sinergias para a atuação com entidades internacionais.

Missão internacional

O mês de novembro também foi marcado por uma série de encontros e reuniões no Brasil nas embaixadas da Noruega, Suécia, França, Canadá e Delegação da União Europeia.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here