Novas imagens revelam a terrível realidade da exportação de animais vivos; pesquisa revela que brasileiros esperam ação de políticos pelo fim da prática

0
92

Investigação divulgada pela ONG Mercy For Animals revela imagens inéditas que mostram o embarque de bois no Brasil e a morte brutal de animais no país de destino; cenas reforçam a necessidade da proibição dessa prática, pesquisa Ipsos aponta que 84% dos brasileiros concorda que os políticos devem proibir a exportação de animais vivos para o abate

São Paulo, 18 de fevereiro de 2020 – Novas imagens de uma investigação lançada pela Mercy For Animals revelam a terrível jornada à qual muitos animais criados no Brasil são submetidos durante sua exportação para outros países. O material mostra detalhes do momento em que bois são transportados até os portos na costa brasileira, onde são embarcados em navios, além de imagens de animais em abatedouros em países distantes. A investigação revela as cenas descritas a seguir:

● animais sendo embarcados nos navios com cutucões e bastões de choque;
● bois tendo seus tendões e pés dolorosamente cortados;
● animais sendo esfaqueados enquanto ainda vivos e conscientes.

Esse é o segundo vídeo de investigações sobre a exportação de animais vivos lançado pela Mercy For Animals, e o primeiro feito com a ajuda de drones — o que possibilitou revelar, por exemplo, por trás de uma fileira de caminhões, a utilização de bastões de choque nos bois. Após o embarque, além do estresse do ambiente desconhecido, do ruído e do movimento constante dos navios, os animais são forçados a viver por semanas em espaços apertados e tendo que deitar em seus próprios excrementos. Ao final dessa terrível jornada, muitos acabam sendo mortos no país de destino, sangrando até a morte enquanto ainda conscientes e capazes de sentir dor. Se o abate ocorresse dessa forma no Brasil, seria considerado ilegal.

A exportação de animais vivos para abate está sendo progressivamente eliminada da Nova Zelândia e da Índia, dois dos quatro maiores exportadores de carne bovina do mundo, e já foi objeto de projetos de leis e decisões judiciais que proibiriam essa prática no Brasil. O Ministério Público Federal também defendeu o fim da exportação de animais vivos para abate, considerando-a inconstitucional.

Brasileiro quer ação de políticos
Uma pesquisa do instituto Ipsos encomendada pela Mercy For Animals apontou que 84% dos brasileiros concorda totalmente ou em partes que os políticos devem proibir a exportação de animais vivos para o abate.

Para que isso não continue acontecendo, a Mercy For Animals criou uma petição em parceria com a ativista Luisa Mell, pedindo ao Senado Federal brasileiro que aprove o Projeto de Lei 357/2018, que proibirá, no Brasil, a exportação de animais vivos que se destinem ao abate em outros países. Até o momento, a petição conta com mais de 370 mil assinaturas.

“Esses animais são submetidos a uma jornada terrível, em navios lotados e sujos, e o que os espera no destino é, geralmente, uma morte brutal, cheia de sofrimento”, disse Sandra Lopes, Diretora Executiva da Mercy For Animals no Brasil. “Como uma sociedade civilizada, é urgente que nossos governantes considerem o pedido público e proíbam a absurda prática de exportação de animais vivos”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here