Ibama apoia PF em operações de combate a crimes ambientais

0
88

Brasília (DF) – O Ibama participou, nesta quarta-feira (24), de operação da Polícia Federal voltada a combater crimes ambientais na região do Rio Tocantins, como caça de animais silvestres e pescaria durante o período de reprodução de espécies, o chamado defeso. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão nos estados de Tocantins, São Paulo e Mato Grosso, por determinação da 4ª Vara da Justiça Federal de Palmas (TO).

Durante a operação, batizada de Dia de Caça, foram apreendidos armas de fogo, munições, arpões, varas de pescar, anzóis e outros apetrechos de pescaria. Onze mandados foram executados nas cidades de Diadema, em São Paulo; Nova Olímpia e Porto Alegre do Norte, em Mato Grosso; e Palmas, Miracema do Tocantins, Miranorte, Paraíso do Tocantins e Gurupi, em Tocantins.

Os investigados podem responder por crimes contra a fauna, associação criminosa e posse ou porte ilegais de arma de fogo, com penas que podem chegar a 13 anos de prisão.

Em 2018, a Polícia Federal, também em parceria com o Ibama, realizou operação semelhante em Tocantins, batizada de Curupira. Na ocasião, foram encontrados peixes congelados pescados ilegalmente e um crânio de jacaré.

“Estamos sempre atentos, com a fiscalização atuando cotidianamente para evitar os crimes ambientais, tanto individualmente quanto no apoio a outros órgãos com quem atuamos em parceria, como é o caso da Polícia Federal”, destaca o presidente do Ibama, Eduardo Bim.

Por Assessoria de Comunicação do Ibama

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here