Invasores de terra indígena no Pará ameaçam fiscais e cercam base

0
579

O grupo que invadiu a Terra Indígena Apyterewa, localizada no sul do Pará, cercou uma base de fiscalização utilizada por equipes do Ibama, Funai e Força Nacional. Vídeos que circulam pela internet mostra ponte de madeira sendo incendiada e os invasores provocando os servidores públicos.

Para impedir o trabalho dos fiscais, os invasores montaram barricada com pneus e madeiras e ameaçam atear fogo. Em meio a tensão, os fiscais e policiais pediram reforço da Força Nacional. O clima é de medo, pois os manifestantes insultam a violência. Os acessos de entrada e saída estão tomados pelo grupo.

A equipe da Funai, Ibama e Força Nacional trabalha na região para reprimir desmatamentos ilegais dentro da terra indígena. Outra área perto do local, a Terra Indígena Trincheira-Bacajá, a fiscalização conseguiu conter os focos de desmate. Após esse trabalho, a equipe passou a receber ameaças de que a base será invadida e os carros da fiscalização serão queimados.

A situação é tão critica que os servidores públicos já sofreram emboscada. A ocupação ilegal reúne cerca de 1.500 pessoas.