Vitória da natureza: Prefeitura do Rio desiste de instalar autódromo na cidade

0
186

Local que seria utilizado é considerado como patrimônio ambiental

 

O Rio de Janeiro desistiu de construir um autódromo na região da Floresta de Camboatá, em Deodoro, na zona oeste carioca. A decisão da prefeitura foi confirmada, na segunda-feira (1),  pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que encaminhou ofício ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea) solicitando o arquivamento do processo de licenciamento da área de floresta para a construção do autódromo.

Por meio de nota, a prefeitura informou que a área é um patrimônio ambiental da cidade e por isso não pode ser desmatada.

O secretário de Meio Ambiente, Eduardo Cavaliere, disse que o local deve abrigar uma unidade de conservação.

           Projeto de como seria o autódromo no local onde hoje tem a floresta

A área possui cerca de 200 mil árvores de 146 espécies, das quais 14 são consideradas ameaçadas de extinção. A Floresta de Camboatá é a última de Mata Atlântica em área plana e também abriga 150 espécies de aves e 19 de mamíferos.

 

Por Agência Brasil