Aumenta o número de mortos devido ao rompimento de geleira na Índia

0
148

Até o momento cerca de 19 pessoas morreram no norte da Índia, depois do rompimento de parte de uma geleira no Himalaia, provocando uma enxurrada de lama e detritos sobre duas barragens e algumas habitações. As informação são das autoridades locais, nesta segunda-feira (8).

O novo balanço do governo do estado de Uttarakhand, informa que 15 pessoas foram resgatadas e 19 corpos foram encontrados em vários locais. A estimativa é que pelo menos 200 pessoas continuam desaparecidas.

O que causou o desastre foi o rompimento do glaciar Nanda Devi, no estado indiano de Uttarakhand, no domingo (7). A Central Hidroelétrica de Rishigana, o primeiro local atingido pela enxurrada, ficou destruída, e a de Dhauliganga seriamente danificada, disse um porta-voz da guarda de fronteira indo-tibetana, Vivek Pandey.

As duas barragens situam-se no rio Alaknanda, que corre do Himalaia até o Ganges.

Em 2013, milhares de pessoas morreram no estado de Uttarakhand, depois de fortes chuvas terem provocado deslizamento de terras e enxurradas.