Suframa contribui de forma inédita para o Plano Anual de Outorga Florestal

0
138
A Suframa participou oficialmente pela primeira vez em sua história da construção do Plano Anual de Outorga Florestal (PAOF) 2022.  Elaborado pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e aprovado e publicado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o PAOF tem como objetivo selecionar e descrever as Florestas Públicas Federais passíveis de concessão e configura-se como um dos mais importantes instrumentos de planejamento de outorga florestal do governo federal.
As contribuições da Suframa – produzidas pelas equipes técnicas das Coordenações-Gerais de Desenvolvimento Regional (CGDER) e de Análise e Acompanhamento de Projetos Agropecuários (CGPAG) – podem ser visualizadas no Capítulo 12 do documento (“Políticas setoriais relacionadas a concessões florestais”). O subitem 12.8 traz informações específicas sobre a Autarquia, a importância do modelo Zona Franca de Manaus para a cadeia produtiva industrial da Região Amazônica, com uso, inclusive, de insumos obtidos a partir da produção florestal, e as contribuições esperadas pela instituição no contexto das concessões florestais federais.
O superintendente da Suframa, Algacir Polsin, ressalta a satisfação da Suframa em poder contribuir de forma inédita para a elaboração do PAOF, o qual é percebido pela Autarquia como um importante instrumento de transparência para que os diversos atores possam conhecer, antecipadamente, as Florestas Públicas Federais que serão passíveis de concessão. “É um plano de abrangência nacional que tem muita relevância não apenas por atender aos requisitos estabelecidos pela Lei de Gestão das Florestas Públicas, como também por possibilitar a adequação entre áreas de florestas públicas federais e programas de parcerias de investimentos”, ressaltou Polsin.
O PAOF 2022 está disponível para acesso na área de “Publicações” do Portal da Suframa – www.suframa.gov.br.