Vivência em Bioconstrução traz saberes ancestrais mesclados às novas tecnologias sustentáveis

0
129

O Projeto Terra Cura de Reflorestamento e Permacultura realizará próximo dia 18 (sábado), em Porto Velho (RO), uma Vivência em Bioconstrução na primeira casa de hiperadobe (terra ensacada) de Rondônia, que está sendo construída na comunidade Jerusalém da Amazônia, zona rural de Porto Velho.

“Estamos construindo de forma coletiva uma sede para o Projeto Terra Cura, uma construção que traz menores impactos ambientais, usando materiais naturais disponíveis no local e técnicas de construção que misturam saberes ancestrais e novas tecnologias sustentáveis”, explica a ambientalista e gestora do Projeto Terra Cura, Luana Lopes.

O projeto Casa Mãe é do arquiteto e permacultor Bruno Paz, que no ano de 2018 ministrou o primeiro curso de bioconstrução de Rondônia, no espaço Terra Cura, onde ensinou as técnicas de construção com barro, denominadas hiperadobe e pau a pique.

“ A Casa Mãe do Terra Cura tem sido um espaço para estudarmos e compartilharmos técnicas de bioconstrução que sejam adequadas as especificidades na nossa região amazônica”, comenta Bruno Paz.

Durante a Vivência em Bioconstrução os participantes irão aprender de forma prática como subir paredes de barro em hiperadobe, reboco e tintas naturais, em um ambiente integrado a natureza, ás margens do Rio das Garças.

Informações e inscrições pelo whatsapp (69) 9900 0046