Santo Antônio Energia apresenta projeto de museografia do complexo da Madeira-Mamoré

0
99

A Santo Antônio Energia deu mais um importante passo no auxílio ao resgate e preservação da história de Porto Velho. Após investir R$ 23 milhões nas obras de revitalização da praça da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, a empresa apresentou nos últimos dias para a Prefeitura o projeto de museografia que irá transformar em museus os galpões 1 e 2 do complexo.

O projeto foi desenvolvido por uma empresa contratada pela Santo Antônio Energia para mostrar de forma detalhada a história da construção da ferrovia, contemplando exposições permanentes e temporárias, atividades educativas, auditório para pequenos eventos, áreas de serviço e memorial em homenagem aos trabalhadores da estrada de ferro.  Tudo isso será apresentado ao público de forma interativa,  dinâmica  e com acessibilidade. Para o conforto, o projeto traz eficientes mecanismos de ventilação, acústica e iluminação sem danificar as estruturas originais dos galpões. “Este projeto é realmente grandioso e reflete mais uma vez o compromisso da empresa com a memória e o futuro de Porto Velho”, afirma o presidente da companhia, Daniel Costa.

O prazo para o início da implantação do museu é de dez meses a partir do início do próximo ano. Até lá serão feitos os trabalhos de contratações, aquisição de materiais e aprovação final pelo IPHAN.